Rastreamento e Mapeamento de Endometriose Profunda

figura em fundo azul demonstrando as estruturas anatomicas estudadas no ultrassom de rastreamento e mapeamento de endometriose profunda na clínica virtus em blumenau

Trata-se de um detalhado exame de ultrassom realizado por via abdominal e transvaginal, com preparo intestinal, para diagnóstico e rastreamento de endometriose profunda.

A Endometriose é uma doença muito importante na medicina atualmente, que afeta de maneira considerável a qualidade de vida e fertilidade das mulheres.

É uma doença caracterizada pela presença de tecido endometrial fora de seu local habitual, causando dor e inflamação nos órgãos e estruturas atingidas.

O endométrio, tecido que reveste o útero internamente, sofre a ação dos hormônios femininos (estrógenos e progestegerona), se multiplicando a cada ciclo menstrual, preparando o corpo das mulheres para uma possível gestação e descamando e sendo expelido na menstruação quando a gravidez não acontece.

Quando esse tecido endometrial adere e se multiplica fora da cavidade uterina, desencadeia toda uma cascata de alterações inflamatórias que podem provocar dor, aderência entre órgãos, cistos, obstrução das trompas uterinas e até invasão da parede da bexiga e intestino, comportamento semelhante às células cancerosas.

A idade de acometimento é durante todo o período em que ocorre a menstruação, sendo mais comum a faixa etária em torno dos 30 anos. Estima-se que ocorra em aproximadamente 15% das mulheres na idade reprodutiva e em até 30% das mulheres inférteis.

A endometriose pode ser classificada em superficial, ovariana e profunda. A forma superficial acontece quando os implantes de tecido endometrial ectópicos medem de 1 a 3 mm. A forma ovariana quando se formam cistos ovarianos a partir do tecido endometriótico, e a forma profunda quando os implantes formam lesões nodulares diversas acima de 5 mm em vários locais, como vagina, septo retovaginal, reto, intestino, bexiga, ureteres.

Os exames de imagem não invasivos como a ressonância magnética e a ultrassonografia conseguem detectar as formas ovariana e profunda da endometriose.

A ultrassonografia para pesquisa de endometriose é considerada um excelente método para o rastreamento e mapeamento das lesões profundas e ovarianas da endometriose, pelo menor custo, porém depende da experiência e de treinamento específico, não sendo realizada por todos ultrassonografistas. O exame apresenta taxa de detecção de 98% para identificação de endometriose acometendo o retossigmoide e de 95% para endometriose profunda na região retrocervical.

É realizado um preparo intestinal para melhorar a visibilidade de lesões intestinais, e a paciente é submetida a exame ultrassonográfico por via abdominal e transvaginal, onde, através de protocolo minucioso e feita pesquisa de possíveis focos de endometriose, além de descrever o tamanho e localização das lesões para possíveis intervenções cirúrgicas.

Sintomas de Endometriose profunda

  • Os sintomas mais frequentes da endometriose profunda são:
  • Fortes cólicas menstruais, por vezes incapacitantes
  • Dor durante à relação sexual (dispareunia);
  • Dor ao evacuar e ao urinar, especialmente agravadas no período menstrual;
  • A infertilidade também é uma das maiores indicações nas solicitações, logo depois da dor pélvica crônica.

Diferenças entre Ultrassonografia transvaginal simples X Ultrassonografia transvaginal para Mapeamento de endometriose?

Além das medidas e parâmetros avaliados pelo ultrassom transvaginal simples, realiza-se também o estudo específico da endometriose, que será mais demorado conforme o número e a extensão das lesões.

O tempo de duração do mapeamento da endometriose pelo ultrassom é bem maior que o exame transvaginal comum, chegando a durar mais de 1 hora, a depender da complexidade do caso e quantidade de lesões.

Parte do ultrassom de rastreamento de endometriose também é realizado pela via abdominal, para investigar acometimento do trato urinário e intestino em suas porções mais altas, fora do alcance do transvaginal.

No meio do exame é injetado um gel incolor na vagina através de pequena sonda, para servir de janela acústica permitindo estudo da parede vaginal, do septo retovaginal, antes não visibilizados no transvaginal sem a aplicação do gel

Preparo para o Exame

O preparo para o exame de rastreamento de endometriose envolve dieta e laxantes nos dias que antecedem e no dia do estudo, e será fornecido no momento do agendamento.

As pacientes são orientadas a remover piercings, jóias ou qualquer objeto metálico na região estudada que possa interferir no processo de captura das imagens.

Não há necessidade de sedação ou uso de anestesia.

Caso já tenha exames anteriores transvaginais, ressonância, relatórios de cirurgias pélvicas anteriores, pedimos a gentileza de trazê-los. A comparação com exames anteriores proporciona diagnósticos mais precoces, facilitando o raciocínio clínico.

Agende seu exame

Entre em contato conosco preenchendo os dados do formulário. Responderemos o mais rápido possível.

Entre em contato

Fale com a gente através dos contatos abaixo. Atendimento de segunda à sexta, das 08h às 12h e das 13h30 às 18h

Endereço

Rua Berta Odebrecht, 66 Sala 1503 – Fritz Muller Center Garcia Blumenau – SC / CEP 89020-430

SOBRE NÓS

Prezamos pela qualidade, respeito ao cliente, ética e parceria com os médicos assistentes.

CONTATO